sábado, 25 de outubro de 2014

FALANDO SOBRE A POLÍTICA

Tudo nesta vida depende de oportunidade, disso todos nós sabemos. Aqui no Rio Grande do Norte a oportunidade maior do momento veio de dentro da política.

A população, cansada da má atuação de gestores acomodados no poder, está deixando de fazer a vontade deles nos dias de eleição e quem está se dando bem de verdade com este movimento na política do RN é o PSD  que está de pé com a mão estendida e na hora certa.

Tudo começou aqui em Mossoró, uma briga política envolvendo os Rosados, que não aceitaram a vitória de Claudia Regina quando foi eleita prefeita da cidade, fato esse, que foi muito injusto e  terminou no “nem tico, e nem taco”. Sobrou tudo para o sortudo Francisco José do PSD, praticamente ganhou de mão beijada a prefeitura de Mossoró, ele  jura que tem muita força política, mas ele está muito enganado, força mesmo é a força do povo que sempre procura o melhor caminho na hora certa e ele foi apenas uma vereda diante de uma estrada interditada.

Agora o que mais impressiona é que da mesma forma que aconteceu aqui em Mossoró, acontecerá amanhã em todo o estado.

A briga de José Agripino com Rosalba e o afastamento de Henrique Alves do governo de Rosalba, só fortaleceu o outro sortudo também do PSD, Robinson Faria, que teve a sorte de ter como adversário Henrique Alves. Vai ser mais fácil do que tomar doce da mão de um bebe, O povo nunca quis Henrique para nada, ele sempre se elege arrastado por aliados, só que desta vez ele se aventurou de mais em se candidatar para governador.

Mesmo Henrique tendo o apoio de quase toda a elite da política do RN, não conseguiu, faltou o apoio de quem de verdade elege: o povo.

Agora falando a nível nacional, tudo é incerteza. O PT corre um grande risco de perder o poder, Aécio Neves vem dando muito trabalho a Dilma que vem sendo bombardeada pela mídia suja.


Infelizmente o brasileiro jovem ainda não tem o conhecimento político necessário para entender que Aécio Neves não tem o mesmo prestígio político que se encontra em Dilma. Por enquanto nada definido. Que prevaleça o melhor para o Brasil. 

Nenhum comentário: