sexta-feira, 18 de julho de 2014

MORADORES CONTARAM QUE CORPOS CAIRAM DO CÉU APÓS EXPLOSÃO DE AVIÃO NA UCRÂNIA


Primeiro veio uma grande explosão que fez sacudir as casas e prédios, depois começaram a chover corpos. Um dos cadáveres atravessou o telhado frágil da casa de Irina Tipunova  em uma tranquila aldeia, logo após o voo MH17 da   Malaysia Airlines explodir no céu da Ucrânia oriental, onde os separatistas pró-Rússia lutam contra as forças do governo.

"Houve um barulho alto e tudo começou a sacudir. Então objetos começaram a cair do céu", disse a aposentada de 65 anos diante de sua casa.
"E então eu ouvi um barulho e ela caiu na cozinha, o telhado foi quebrado", disse, mostrando o buraco feito pelo corpo quando caiu através do teto da cozinha.
O corpo nu da mulher morta ainda estava dentro da casa, ao lado de uma cama.
A cerca de 100 metros da casa de Irina, mais dezenas de corpos estavam nos campos de trigo, onde o avião caiu na quinta-feira, matando todas as 298 pessoas a bordo.

Ainda visivelmente abalada pela experiência, Irina disse: "O corpo ainda está aqui porque eles me disseram para esperar especialistas virem buscá-lo."
Outra moradora local com cerca de 20 anos, que não quis dar seu nome, disse que correu para fora de casa depois de ouvir o avião explodir.

"Eu abri a porta e vi as pessoas caindo. Uma caiu na minha horta", disse ela.

Não foram apenas corpos que caíram do céu. Pedaços de metal, peças de bagagem e outros detritos desabaram no chão nesta área agrícola a cerca de 40 quilômetros da fronteira com a Rússia 

Nenhum comentário: