sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

IDENTIFICADO O ASSASSINO QUE MATOU DE LACERDA

Infelizmente não tem como se desfazer um crime de homicídio, mas pelo menos punir quem o praticou já deixa a família da vítima em uma situação menos constrangedora.

A polícia civil conseguiu identificar e prender o homem que assassinou com disparos de arma de fogo o cinegrafista José Lacerda da Silva, de 50 anos que trabalhava na TCM. O crime aconteceu na noite do último domingo, dia 16, no Bairro Belo horizonte, na cidade de Mossoró RN.

Segunda a polícia, através de um vídeo foi possível identificar a pessoa de Silas Domingo de Oliveira, que era vizinho da vítima, como sendo o autor do assassinato.

Uma discussão provocada por causa da forma imprudente que Silas dirigia o veículo onde estavam a vítima e o acusado motivou o crime. 

Isso é lamentável.

Aqui em Mossoró vemos que a vida já não tem o mesmo valor que antes, pessoas morrem por motivos fúteis, é como se matar estivesse na moda.

Tudo isso se atribui à impunidade, pois muitos casos não são elucidados. Se o sujeito é pobre ou usuário de droga o empenho é pouco para prender o criminoso, e isso faz os bandidos se sentirem livres para matar.
   
Este crime de homicídio deixa um recado para parte da sociedade que aplaude quando um “bandido” morre assassinado, pois essa parte esquece que o assassino ficou vivo, viciado e pronto para matar outro.

O assassinato é terrível, quem mata tem que pagar na cadeia, pois  a impunidade encoraja os que têm instinto mau e a próxima vítima pode ser eu, você ou um pobre qualquer viciado em drogas.

Nenhum comentário: