domingo, 4 de agosto de 2013

O PRECONCEITO

A igualdade como humano tem que ser respeitada. A pessoa ignorante que despreza e não dá a mínima importância a outro ser humano pelo simples fato desta pessoa  ser diferente, ou ter algum problema que não se encaixe dentro dos padrões de uma sociedade organizada, é o puro vicio do preconceito.

Se prestarmos bem atenção vemos que já somos punidos pelos nossos erros, pagamos caro quando erramos, quanto mais se erra na vida, mais difícil ficam os dias vindouros, uma forma de alto punir-se.

Cada um vive como quer. Os ladrões, os assassinos, os dependentes químicos, como também as pessoas de boa conduta, o padre ou até mesmo o papa. Para cada uma dessas pessoas existe uma qualidade de vida. Todos se beneficiam como podem de tudo que tem de bom no nosso mundo. Cada um da sua forma!

Quem escolhe ser um ladrão, não terá a confiança de outras pessoas, não aprende a trabalhar, e está sujeito a ser preso quando estiver roubando, mesmo que o roubo seja para se alimentar. Da mesma forma, estressantemente vivem os assassinos, o medo dos inimigos, a dor na consciência e a perseguição da justiça, faz com que ele viva perturbado a vida toda.

E assim vivemos todos neste grandioso mundo, divididos por grupos com condutas diferentes e opiniões opostas, mas com um único objetivo que é se dar bem. Seja qual for o nosso grupo, não tira de nós os vínculos da espécie. Todos somos irmãos humanos, juntos e iguais, formamos a humanidade.

Portanto, aquele que vive de uma forma melhor deve  agradecer a Deus por ser feliz, e ser solidário aos que não conseguem ser. Cada um, ser humano, tem o mesmo objetivo: Encontrar a felicidade na vida! E o fato de uma pessoa não conseguir ser feliz, não significa motivos para ser vitima do preconceito sujo de um preconceituoso. 

Nenhum comentário: