sexta-feira, 16 de agosto de 2013

ERRO NO PROJETO? COMO ASSIM?

A imprensa local noticiou nesta semana que o viaduto de nº. 5 do complexo viário, que está localizado na saída para Natal e está completamente terminado, só não foi liberado em decorrência de um erro de projeto percebido no final da obra. Difícil de acreditar.

As informações são de que o erro foi encontrado no final da descida do viaduto, parte que se encontra com a via de acesso à cidade. Uma obra deste tamanho é bastante estudada bem antes de seu início, toda a área é medida dezenas de vezes, todos os cálculos são feitos, por isso fica difícil de acreditar que se trate mesmo de um erro, levando em conta a simplicidade do problema. Pelo menos essa é minha opinião.

O fato é que a obra não ficou totalmente pronta em nem um dos 17 quilômetros de sua extensão. A impressão que dá é que por interesse da empresa, ou de quem a contratou, os viadutos  só serão liberados quando todos estiverem prontos, só assim a obra impressionará mais e, consequentemente, rendera mais votos na próxima eleição.

É certo que os motivos também pode ser outros, levando em conta o lado bom disso, afinal essa é a maior obra que Mossoró já viu em toda sua história, e ter uma a oportunidade de entregar à população de uma só vez um patrimônio desse é bem  mais interessante.

Agora me contar que um engenheiro errou na parte mais simples de um projeto eu particularmente  não acredito, creio mais em outros motivos. 

Nenhum comentário: