domingo, 14 de julho de 2013

INSATISFEITO COM UMA MULTA, FUI RECORRER

No mês passado fui parado por um agente da polícia Rodoviária Federal por conta de eu ter feito uma convenção na BR-304 em um trecho do trânsito complicado e muito confuso por causa da obra de duplicação.

Inconformado, me sentindo injustiçado, fui recorrer da multa que recebi via Correios na semana passada. Não imaginava que aquele agente fosse fazer a multa, considerando as péssimas condições da sinalização feita pela construtora.
   
Pela manhã fui a superintendência do DNIT, que fica na Avenida Francisco Mota, no Alto de São Manuel, ao ser atendido pelo vigia que fica na entrada do Prédio, fui informado que só teria atendimento para recorrer multa de trânsito no horário de 13 às 17 horas.

No período da tarde voltei ao órgão e fui atendido.  Preenchi um formulário e em outra folha detalhei o motivo da minha insatisfação. Falta saber se serei compreendido por quem for julgar. 

Nenhum comentário: