segunda-feira, 8 de julho de 2013

A CÂMARA DECIDIRÁ NESTA TERÇA SE HAVERÁ PLEBISCITO

Acredito que não, as coisas no Brasil não acontecem dessa forma, seria um ato muito radical e bastante precipitado se fosse feito um plebiscito sob pressão, sem tempo para uma discussão ampla sobre o assunto.


O Brasil está precisando, com urgência, é de um choque de moral na corrupção, vivemos um período de menor tolerância da população com os corruptos. Este seria o momento ideal para que fossem criadas medidas para bater de frente com o pior inimigo do País.


A reforma política deve ser feita pelo povo no dia da eleição. O cidadão precisa urgentemente exercer sua cidadania com responsabilidade, na campanha eleitoral, procurar entender melhor o que é uma eleição, e depois votar consciente em candidatos de nome limpo, um sangue novo, que venha de qualquer partido, grande, ou pequeno, mas que tenha pelo menos exemplo de um bom cidadão.


Quando o povo aprender que não deve se influenciar pela força que tem um partido, que antes mesmo da eleição seus dirigentes já sabem que podem eleger até mesmo um pôster, ai as coisas mudam, e a reforma política acontece naturalmente com a soberania da democracia. 

Nenhum comentário: