quinta-feira, 27 de junho de 2013

O CIDADÃO TEM QUE TER SUA PRÓPRIA OPINIÃO

O brasileiro ainda é muito influenciado pela mídia tendenciosa. Como não podemos tocar nos direitos de liberdade de expressão, existem os maus profissionais que têm como único objetivo ganhar audiência, esses não tem vínculo algum com a verdade, se beneficiam da lei para disseminar informações perigosas e destorcidas que muitas vezes são muito prejudiciais ao país.

Durante esses protestos Brasil afora presenciamos inúmeras falhas gravíssimas da mídia brasileira, em muitos momentos a mídia prefere mostrar e encorajar o vandalismo ao invés de mostrar os protestos pacíficos onde não tem a desordem.

Quem sai às ruas para destruir o patrimônio público não merece aparecer na mídia nacional. A divulgação deste vandalismo só faz com que ele aumente ainda mais. Porque a imprensa não mostra apenas os que protestam de forma justa? Eles não dão audiência? Será isso?

Outro exemplo da mídia tendenciosa é o caso da “cura gay”. Segundo o pastor Marcos Feliciano ele nunca disse que isso seria uma “cura gay”, a imprensa que batizou o projeto desta forma e isso tem custado caro para ele e sua família. O pastor disse que foi desonestidade intelectual da mídia divulgar o projeto PDC 234/11 como “cura gay”.



Feliciano disse ainda que a imprensa já encontrou um nome para outro projeto importante que foi criado para proteger embriões, desta vez a imprensa batizou de “bolsa estupro”. Veja o vídeo do desabafo de Feliciano  

Nenhum comentário: