quinta-feira, 16 de maio de 2013

MÉDICOS, QUANTO MAIS MELHOR.



O anúncio do Governo Federal, que pretende contratar 6 mil médicos estrangeiros para atenderem pacientes no Brasil,  tem causado preocupação a muita gente.

Enquanto tem quem desaprove e critique o projeto, tem os que sentem a necessidade de melhor atendimento, esses  comemoram e torcem para que isso aconteça logo. Só para se ter uma ideia, a lista dos maiores problemas do nosso país, tem a saúde entre os três primeiros.

No Brasil, só consegue ser médico aquele sujeito que nasce em berço de ouro. Ricos e com diploma de médico, eles não precisam se preocupar, não terão concorrência, pois sabem que no Brasil eles valem ouro.

Quem sofre é o pobre, que não tem dinheiro e precisa do atendimento do SUS. Os prefeitos dos interiores, mesmo sem condições, oferecem salários enormes, e mesmo assim não encontram quem queira trabalhar.

A ortopedia é uma das que humilham. Um motociclista que sofre uma fratura, fica penando  nas filas quilométricas do SUS, enquanto fica recebendo de mercenários,  ofertas de cirurgias "milionárias", muitos vendem o que tem e pagam por temer ficar aleijado pro resto da vida por conta da demora do SUS.

Pena que isso não parece ser fácil de acontecer (falo da contratação)  e se acontecer será  por tempo provisório, talvez no período da Copa do Mundo, ou seja, não beneficiará quem realmente precisa. Lamentável, mas essa é nossa realidade.  

Nenhum comentário: