quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

O BOM VENDEDOR É TAMBÉM UM ARTISTA


O sucesso de uma empresa ainda é dependente do talento de um bom vendedor para vender seus produtos. Para ser um bom vendedor é necessário que exista nessa pessoa o desejo de ser, só assim ele vai desenvolver a capacidade necessária que precisa ter quem escolhe viver de vendas.

Ao observar um profissional em vendas trabalhando, percebe-se nele o zelo pelo cliente no momento da negociação. O cliente é mais importante que tudo. É como a semente e a terra, a semente sendo o produto e a terra o cliente, o vendedor é como aquele que planta a semente na terra.

A arte de vender exige simpatia, objetividade e muita atenção às pessoas. O respeito, o bom humor e a aparência de que tudo está bem são fundamentais para o cliente se sentir a vontade no momento da negociação.

Outro ponto crucial de um bom comerciante é ele ser igualitário, não julgar um cliente pela aparência, nunca se sabe quem é quem em uma avaliação de olhar.

É assim que vejo um vendedor. Cada um com seu talento de  “artista” usado para convencer o cliente a efetuar a compra. Pena que a maioria das empresas não dá o merecido valor a esses impulsionadores do sucesso de marcas.

Nenhum comentário: