domingo, 16 de setembro de 2012

QUAL DAS DUAS É A SUA MOSSORÓ?



Texto criado pelo jornalista César Santos 

Só existe uma Mossoró: que orgulha os mossoroenses

 Observando o programa eleitoral da televisão, a impressão que se tem é que existem duas Mossoró: uma que orgulha o cidadão mossoroense; outra que envergonha.

A primeira é a Mossoró da candidata Cláudia Regina, da coligação Força do Povo; a segunda, a da candidata Larissa Rosado, da Frente Popular Mossoró Mais Feliz.

Cláudia mostra a Mossoró do ensino público que ganhou destaque com a média elevada do Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (IDEB). Larissa mostra imagens diferentes, sempre puxando a cidade para baixo.

Cláudia fala das três Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) construídas pelo governo do qual faz parte; Larissa esconde as UPAs e diz que, se eleita, vai construir três unidades.

Cláudia mostra a Mossoró que se desenvolveu com obras estruturantes, como o saneamento básico, o Distrito Industrial, o Teatro Dix-huit Rosado, Ginásio Pedro Ciarlini, reconstrução de toda malha viária, construção de casas, de escolas, de UBSs… Larissa fala de Mossoró com lixo, esburacada, escura, sem obras.

Cláudia enaltece a força da cultura local, destacando o Corredor Cultural (Estação das Artes, Memorial da Resistência, Praça de Eventos, Praça da Criança, Teatro Dix-huit Rosado e Praça da Convivência), o Cidade Junina, Auto da Liberdade, entre outros equipamentos e projetos; Larissa diz que a cultura está esquecida, não vem sendo bem tratada e que falta uma política para o setor.

Cláudia, depois de apresentar a Mossoró que cresceu e se desenvolveu nos últimos 16 anos, promete as ações que façam avançar a qualidade de vida dos mossoroenses; Larissa, depois de apresentar a sua Mossoró (feia, acabada, abandonada), promete trabalhar para construir uma nova cidade.

Pois bem…

Duas candidatas, dois pontos de vista diferentes sobre a mesma cidade. Qual das duas é a Mossoró verdadeira ou se aproxima do discurso das candidatas? A Mossoró de Cláudia ou a Mossoró de Larissa? Não creio que existe dúvida na cabeça do leitor, na medida em que existe apenas uma Mossoró e todos nós conhecemos muito bem.

A Mossoró boa de se viver e fazer carreira, como atesta a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A Mossoró cidade universitária, que atrai milhares de alunos do RN e de todo o país e que estão nos bancos da Uern, Ufersa, Mater Christi, UnP, Facern.
A Mossoró do Cidade Junina, uma das três maiores festas do gênero no país.
A Mossoró do comércio forte, da indústria em desenvolvimento, da economia pujante.
A Mossoró que sente todos os efeitos de uma cidade em desenvolvimento.
A Mossoró que orgulha os mossoroenses.

Nenhum comentário: