segunda-feira, 17 de setembro de 2012

DEVE SER MUITO DIFICÍL SER UM BANDIDO.


Agradeço a Deus todo dia por ser um homem livre e ter  minha liberdade para ir e vir todos os dias sem temer a inimigo ou até mesmo  a justiça.

Na tarde de hoje quando fazia o contorno que dá acesso à saída para Apodí, me deparei com uma viatura da polícia Federal mesmo na curva. Em torno dela, três agentes prontos para ação, um deles portava em suas mãos uma maquina de matar gente da cor do cão que tinha em média  1 metro e meio de comprimento.

Na mesma hora veio na minha imaginação: O que faria um bandido em uma hora como essa?
São nessas horas que vemos o valor que tem ser um homem do bem, a liberdade não tem preço, mesmo tendo que me preocupar com a ação de alguns bandidos sortudos que ainda não se depararam com aquela máquina de matar gente, vejo que minha vida é uma maravilha. Sou um abençoado por Deus.

Nenhum comentário: