sexta-feira, 1 de junho de 2012

CONTOS DE UM ASSALTO A RESIDÊNCIA.


Um senhor de 66 anos conta os horrores vividos na noite de ontem durante um assalto na residência de sua filha aqui em Mossoró. “Jamais imaginei ser tão humilhado.” Assim diz o senhor com a voz tremula e com aspecto de decepção em seu rosto enrugado.

Seu Manuel continuou:

“Toda noite a gente se encontra na calçada da casa de minha filha para conversar, a reunião é só de família, minha filha, meu genro, meus netos e às vezes alguns vizinhos que vêm fazer parte do bate-papo nas bocas de noite.
Na noite de ontem estávamos nós conversando, por volta das 20:30h, quando de repente surgiu uma moto com dois elementos de armas em punho que anunciaram um assalto e tomaram todos os objetos de valor das pessoas presentes.

Tivemos um susto muito grande, o meu medo maior era que meu genro reagisse, pois ele tem uma estrutura física bastante visível e foi justamente ele que mais atraiu as atenções dos bandidos, talvez eles estivessem com medo dele reagir.

Estou doente, não dormi um pingo, passei a noite acordado pensando no que aconteceu, hoje bem cedinho fui ver como eles estavam. Meu neto disse que não ia para a escola porque estava doente por conta do susto que sofreu.”

Um comentário:

Anônimo disse...

UM LEMBRETE ONDE ESTÁ OS DIREITOS HUMANOS DAS VÍTIMAS? SÓ APARECEM PARA LIVRAR A CARA DE BANDIDOS DA CADEIA FAZENDO REINVIDICAÇÕES QUE OS MARGINAIS TENHAM COMIDA DE PRIMEIRA QUALIDADE E O PRESÍDIOS SEJAM MAIS CONFORTÁVEIS