sexta-feira, 13 de abril de 2012

SOU CONTRA O ABORTO DE ANENCÉFALOS


Querem colocar mais uma lei que já chega em contradição com outra, como é que pode criarem uma lei de meio termo?

Se aprovada, a lei dará o direito à mãe abortar caso seu filho tenha defeito genético comprovado por exames médicos.

Sou contra ao aborto, criar uma lei que dá direito abortar um deficiente físico, é a mesma coisa de ser contra a vida de um paciente em fase terminal, ou seja a eutanásia.

Esta discussão sobre o aborto parece não ter fim. Penso que deveriam acabar de vez com ela com um plebiscito, onde só votasse quem quisesse defender ou não a ideia.

Porque não deixar como está? Cada um que use sua consciência. De qualquer forma nunca foi controlado este tipo de crime, não temos recursos para fazer valer a lei, ser favorável só vai estimular o crime de aborto.

Nenhum comentário: