segunda-feira, 16 de abril de 2012

O CANGAÇO NUNCA ACABOU EM MOSSORÓ


Isso mesmo, continuamos sendo vitimas de bandidos em grupos que vivem aterrorizando as famílias de Mossoró.

Aqui é comemorado todo ano a expulsão de Lampião, só que chegaram bandidos em seu lugar que atuam livremente com a garantia de não serem mais expulsos.

Talvez o leitor pense que estou exagerando, mas infelizmente amigos, não é exagero, é a pura realidade nua e crua, como diz o ditado popular.

Talvez com menor repercussão como na época do Capitão Virgulino. Acontecem tantas invasões, que deixaram de publicar para não se tornarem tão repetitivos os meios de comunicação. Com assunto só.

Os cangaceiros mudaram de nome, agora eles são chamados de assaltantes, não é mais um bando, agora é uma quadrilha, não andam em cavalos, andam de motos, pelo menos a maioria.

Lampião quando vinha pelo menos avisava, os de hoje nem avisam, chegam de surpresa, humilham, roubam, estupram, matam e o pior de tudo é que hoje não podemos nem nos defendermos como antigamente, porque não temos direito de usar uma arma.

Quem trabalha no comercio vive esperando um Lampião chegar a qualquer momento no seu estabelecimento, dessa vez com uma pistola automática bem mais potente, enquanto o comerciante tem apenas as unhas para se defender.
   
O sentimento das vitimas daquele tempo, é vivido hoje por milhares de famílias que são molestadas por estes cangaceiros modificados “impunes de uma figa” que merecem mesmo é o local que está Jararaca.

Nenhum comentário: