quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

CURADEIRO QUE DIZIA SER “GUARDIÃO DE OGUM” FOI PRESO.

O paraibano Iranilson santos da Nóbrega, de 23 anos, natural de Cajazeiras - PB, oferecia cura para o câncer, alcoolismo, cardiopatia e problemas amorosos, na cidade do Apodi e região, cobrando consulta que variava de R$ 600,00 a R$ 2000,00 por pessoa.

O curador usava as rádios locais alugando espaço para divulgar seus “trabalhos” e tinha um escritório no centro da cidade.
  
Várias denúncias foram feitas à policia civil que prendeu Iranilson já em fuga na BR 405 com destino a Mossoró. O mesmo confessou o crime e será autuado pelo crime de charlatanismo e estelionato, à pena vai de 1 a 5 anos.

O delegado Renato Oliveira disse que na região de Apodi vários agricultores foram enganados, venderam gado, galinha e bode para pagar ao falso curador.

As vítimas de Iranilson eram pessoas humildes dos sítios, o delegado ouviu várias pessoas que foram lesadas pelo “guardião de Ogum”.

Nenhum comentário: