sábado, 20 de agosto de 2011

DE ONDE VEM AS DROGAS?


Ontem, sexta-feira (19), houve uma audiência pública na câmara municipal de Mossoró com a presença de vários representantes do povo, onde o assunto em pauta era as drogas, pena que não participei, só ouvi momentos do debate pelo rádio. Talvez, para que a população prestasse mais atenção na audiência, foram convidados o Deputado Federal e ex craque da bola, Romário de Souza do (PSB) como também o deputado Givaldo Carimbão do PSB-AL, e o pastor Eurico PSB –PE

Cada um que falou, deixou clara a vontade que tem de ver o nosso país avançando no combate as drogas, para alguns críticos, a audiência não tem serventia, eu discordo dos que pensam assim.    

A audiência pública é muito importante principalmente quando se trata de um problema tão grande, como é o caso das drogas, ela serve para despertar a população a refletir na procura de alternativas que ajudem no combate as drogas. Este problema não tem dono, todos nós temos o dever de dar nossa contribuição, de forma direta ou indireta.

É triste saber que existem pessoas, bem sucedidas financeiramente, financiando o tráfico de drogas, e são justamente essas pessoas que menos são punidas no Brasil. Acredito que já está na hora do nosso país mudar a forma de combate a forma de como estamos combatendo não está dando certo. Nunca vi falar em fábrica de drogas em nossa cidade, os traficantes que são presos são pessoas desinformadas que não sabem e nem conhecem o caminho por onde   vem a droga, apenas revendem, na ilusão de que ganha fácil.

O combate seria mais vantajoso nas fronteiras do nosso Estado, se fosse feito um “aceiro” era bem mais fácil do que apagar fogo dentro na mata. Os que morrem por conta do tráfico, a maioria são inocentes, não tiveram o mínimo de educação e morrem na adolescência antes de adquirirem experiência por conta própria nos colégios da vida.

É sempre assim, infelizmente quem paga caro no nosso país é o menos favorecido, enquanto a lei não alcançar com igualdade os criminosos, o combate as drogas não evolui.

Nenhum comentário: