sexta-feira, 15 de abril de 2011

CENA TRISTE QUE NÃO PUDE REGISTRAR

O fotógrafo que sai de casa e não leva sua câmera sempre se arrepende, foi o que aconteceu comigo, não esqueço uma cena que perdi de registrar. A cena foi muito triste, e aconteceu no sepultamento de um conhecido meu.Tudo aconteceu em um sitio,onde tem uma capela, e nela houve a missa de corpo presente.

Como sou fotógrafo, tenho a mania de observar tudo de cantos estratégicos, e de uma certa distância eu vi a cena,que apesar de triste foi inesquecível. Já era tardinha, o sol perdia forças, seus raios iluminavam a capela e o cemitério que fica por trás dela em cima de um alto.


Lembro que com o final da missa todos subiram o alto com o caixão, na capela, eu via um homem em pé na calçada puxando a corda do sino, o que se escutava no momento era somente o som das passadas do povo, e as badaladas do sino.


Na multidão, várias cores se misturavam mas o que se destacava era só as rosas e o brilho do caixão. Tudo ali, juntos dentro dos meus olhos, a capela,a multidão, o cemitério e o homem tocado o sino, cena triste mas que merecia ter sido registrada com fotografias.             

Nenhum comentário: