segunda-feira, 4 de abril de 2011

GOSTOSA E PERIGOZA CACHAÇA

Em uma das minhas voltas na cidade nas tardes de domingo, presenciei uma cena no mínimo lamentável, já eram mais ou menos 17h30min, em uma rua pacata e muito calma. No silêncio, uma música brega tocava em volume baixo, de baixo de um alpendre haviam 3 mesas, em uma delas eu vi um garrafa de cachaça.

 Mas o que me chocou foi ver dois homens dormindo deitados no chão, e outro dormindo em uma cadeira. O aspecto era de desprezo e solidão, os três pareciam estar no fundo do poço, se afogando com álcool.
É preocupante o estado de muitos alcoólatras. O alcoolismo é uma doença silenciosa que mata todos os dias, cidadãos de bem. Eu sinto falta de propagandas de conscientização das pessoas em relação ao álcool.
Da mesma forma que mata, para muitos, o álcool consumido regularmente, faz bem à saúde. Estudos arqueológicos revelam que o álcool existe a cerca de 8 mil anos. Na Bíblia sagrada temos a história de Noé. Gênesis 9.21 conta que Noé se embriagou com o vinho que ele mesmo fabricava.

No ano de 1920 nos Estados unidos foi criada a lei seca que proibia o consumo e a comercialização do álcool, porém a lei só piorou a situação. O comércio ilegal fez o preço subir e muitos começaram a fabricar cachaça de péssima qualidade em casa, muitos consideraram um desastre na saúde pública. A lei só durou 12 anos.

Com todas essas histórias se chega à uma conclusão: O álcool é como qualquer outro produto, se consumido de forma exagerada, vai fazer mal a saúde. Açúcar, gordura, refrigerante, massas e outros produtos exigem controle no consumo para termos uma vida saudável.   

Nenhum comentário: