domingo, 13 de março de 2011

A VELOCIDADE DO TEMPO

Estamos vivendo um fenômeno estranho, com tantos acontecimentos, as informações chegando a todo o mundo em piscar de olhos. Na mesma velocidade que chegam, vão embora e são esquecidas.

Com tanta informação, o mundo fica pequeno e estressante, ao ponto de deixar dúvidas se tudo isso é mesmo favorável a uma vida melhor. Tem dias que a globalização me assusta, porque da mesma forma que se espalha o bem, as sementes do mal são semeadas.

O tempo está perdendo o valor, tudo acontece rápido demais. Neste pulso de navegação não percebemos nem a passagem dos anos, nos dá uma impressão de que um ano só dura 6 meses.

O corre-corre das pessoas à procura de um mundo melhor, consome muitas qualidades do ser humano. O amor pelas outras pessoas fica cada dia mais escasso, é cada um por si em uma guerra despercebida e moderna.
Antes quando não tinha tanta informação, a gente não lutava tanto contra as doenças, nós não conhecíamos este inimigo, tudo mudou, agora a luta começa muito antes, mesmo sem saber se o inimigo vem. Cada um de nós vive com uma guerra em nosso interior.   

Nenhum comentário: