segunda-feira, 28 de março de 2011

O MUNDO SERIA MELHOR SE TODOS ENTENDESSEM O GOSTO DOS OUTROS.

Eu não gosto muito de ouvir pagode, reggae, axé, funk nem Rock, o meu estilo é mais para MPB, Forró, Sertanejo, Brega. Só que às vezes escuto outros estilos, e quando pego “embalo”, termino gostando é de tudo.
Outro dia eu estava em minha calçada, em pleno amanhecer, estava frio, eu me aquecia com uma xícara de café quente. De longe eu avistei um jovem vindo em minha direção, o andar dele já denunciava o seu estilo, passadas largas, e o corpo muito mole, ele balançava os braços acompanhando todo movimento do corpo.

Ao se aproximar eu pude escutar o som do seu pequeno rádio, ele tocava o reggae de Edson Gomes, e com um “bom dia” de quem estava bastante feliz, ele me cumprimentou, a fumaça do seu cigarro era branca como neve e cobria o seu rosto.
Eu respondi com um bom dia de satisfação, por ver que ele estava muito bem naquele momento de prazer, curtindo o seu estilo preferido. Isso me fez pensar, por que às vezes ignoramos os prazeres das outras pessoas?
O que importa mesmo é o momento de felicidade de cada um de nós, seja qual for a música, o importante é que nos proporcione alegria.  
Às vezes concordamos com outras pessoas só para não parecer diferente, e deixamos de ser nós mesmos, para satisfazer o interesse de terceiros, tudo isso exigido por essa sociedade de comportamentos duvidosos.            

Nenhum comentário: