terça-feira, 6 de julho de 2010

PASSÁROS NÃO COMETEM CRIMES PORQUE PRENDELOS?

Hoje eu quero expor aqui no meu espaço a minha opinião sobre a ação da polícia ambiental aqui em Mossoró.
Aplaudo Quando ouço dizer que foi fechado um ponto de rinha, local onde pessoas colocam passarinhos para brigar. Fico feliz quando sei que prenderam um comerciante da nossa fauna, ou quando sei que foram libertados pássaros ou animais que estão presos em locais inadequados.

Sou plenamente contra a quem mantém passarinhos em cativeiro, como também sou contra a superlotação dos presídios, ao abandono das crianças da favela, a fila do SUS, a farra do boi, ao sacrifício de animais doentes, a extinção dos Pitt-bull, ao aborto, a discriminação, e outras inúmeras coisas que acontecem e a justiça não resolve.

Por esses motivos que certas vezes, acho injusta a rigidez desses agentes da polícia ambiental em alguns casos, por exemplo, uma senhora que desde criança tem um hábito de criar um periquito e de repente chegam a sua casa um monte de policiais armados dizendo que ela é uma criminosa e leva seu bichinho de estimação, como vai ficar essa senhora?

No meu ponto de vista não é por esse caminho, isso é uma cultura que devemos acabar com educação, a repressão deve ser usada para quem comercializa os pássaros, ou cometem crimes como citados acima, as crianças de hoje serão os cidadãos do amanhã, se educados neste sentido, isso muda naturalmente.

Nenhum comentário: