segunda-feira, 25 de maio de 2015

AMBULANTES DO CENTRO DE MOSSORÓ EM SITUAÇÃO DIFÍCIL


Duas coisas que não faltaram no centro de Mossoró na manhã de hoje, primeiro foi policiamento e segundo foi revolta por parte dos vendedores ambulantes que tiveram seus pertences confiscados pela prefeitura de Mossoró na madrugada desta segunda feira, 25 de maio.

Os vendedores ambulantes reclamam da falta de sensibilidade das autoridades de Mossoró. Um problema que Mossoró tem a décadas, querem resolver de uma forma injusta da noite para o dia, deixando vários trabalhadores sem condições de manter as despesas de suas casas.

A sociedade mossoroense defende a remoção dos ambulantes das calçadas dos comércios, mas não aprova a forma como estão sendo retirados. Mesmo errados eles merecem respeito, até porque são trabalhadores e alem disso a culpa não é só deles, a prefeitura tem culpa pelo fato de não ter fiscalizado desde o início e ter permitido a permanência destes pais de família nestes locais impróprios.

Hoje estes trabalhadores estão acostumados a ganharem seus sustentos nestes locais, é preciso que se entenda isso.  A prefeitura tem mais que assumir o erro de não ter cuidado da forma correta do espaço público, corrigir este erro com o acolhimento desses trabalhadores e procurar uma maneira adequada e justa para todos os envolvidos. Essa é minha humilde opinião!


sexta-feira, 22 de maio de 2015

A VIOLÊNCIA DO TRÂNSITO BRASILEIRO



A cada ano, cerca de 45 mil pessoas perdem suas vidas em acidentes de trânsito no Brasil. A violência envolvendo particularmente motociclistas está se tornando uma epidemia no país.

Dados preliminares do Ministério da Saúde apontam que, em 2013, os acidentes com motos resultaram em 12.040 mortes, o que corresponde a 28% dos mortos no transporte terrestre.

Nos últimos seis anos, as internações hospitalares no Sistema Único de Saúde (SUS) envolvendo motociclistas tiveram um crescimento de 115% e o custo com o atendimento a esses pacientes de 170,8%.

Diante desse cenário, o Ministério da Saúde está propondo uma série de ações intersetoriais, que deverão envolver outras esferas do Governo Federal, governos estaduais e municipais, para promoção de uma política específica de prevenção aos acidentes com motos.
Nesta semana, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, apresentou algumas das iniciativas em discussão durante a 68ª Assembleia Mundial da Saúde, em Genebra.

 “Não dá mais para não agir na dimensão preventiva dos acidentes com motos. É preciso propor novas medidas e elevar essa discussão a um problema de saúde pública.Algumas propostas em estudo são a obrigatoriedade de apresentação da habilitação no momento da compra da moto, por exemplo, e a possibilidade de financiamento do capacete como um EPI [Equipamento de Proteção Individual], possibilitando a venda do item de segurança junto do veículo”, exemplificou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Em novembro, o Brasil sediará o 2º Road Safety, Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança no Trânsito, com o objetivo de repactuar metas e traçar novas estratégias do governo e da sociedade para garantir a segurança da população e salvar milhões de vidas.

 “Uma constatação que observamos no Brasil, e que já vimos em outros lugares do mundo, é a redução do número de atropelamentos e acidentes de carro e o aumento de acidentes de motos. A moto está substituindo a bicicleta e o cavalo e também vem sendo utilizada como um instrumento de trabalho”, observou o ministro.

NÚMEROS – Segundo o Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, o Brasil registrou 4.292 mortes de motociclistas em 2003, número 280% menor do que o registrado 10 anos depois (12.040). Parte do aumento de acidentes envolvendo motos se deve ao crescimento vertiginoso da frota no país. Entre 2003 e 2013, o número de motocicletas aumentou 247,1%, enquanto a população teve um crescimento de 11%.

De 2008 a 2013, o número de internações devido a acidentes de transporte terrestre aumentou 72,4%. Considerando apenas os acidentes envolvendo motociclistas, o índice chega a 115%.

Em 2013, o SUS registrou 170.805 internações por acidentes de trânsito e R$ 231 milhões foram gastos no atendimento às vitimas. Desse total, 88.682 foram decorrentes de motos, o que gerou um custo ao SUS de R$ 114 milhões – crescimento de 170,8% em relação a 2008. Esse valor não inclui custos com reabilitação, medicação e o impacto em outras áreas da saúde.

PERFIL DAS VÍTIMAS – Segundo Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA 2011), que traça o perfil das vítimas de violências e acidentes atendidas em serviços de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde em capitais brasileiras, 78,76% das vítimas de acidente de transporte terrestre envolvendo motociclista são homens, na faixa etária de 20 a 39 anos. Entre os motociclistas ouvidos, 19,6% informaram o uso de bebida alcoólica antes do acidente e 19,7% estavam sem capacete.


“Os acidentes pegam uma faixa etária delicada da população. Para um país que está envelhecendo, essas pessoas impactam muito, já que estão em sua idade produtiva. Esses acidentes interferem no sistema de saúde, na previdência, no trabalho e, principalmente, na vida pessoal do indivíduo”, lembrou o ministro.

Em 2010, o Ministério da Saúde implantou o Projeto Vida no Trânsito com o objetivo de reduzir os casos de mortes e feridos em decorrência de acidentes no trânsito. Entre as ações do projeto está a realização de campanhas educativas e a qualificação dos sistemas de informação sobre acidentes, feridos e vítimas fatais.

Com o banco de dados atualizado, os gestores de saúde podem identificar os fatores de risco e as vítimas mais vulneráveis nos respectivos municípios, assim como os locais onde o risco de acidente é maior. Desde a implantação do projeto, já foram liberados cerca de R$ 41,3 milhões para as atividades. Em 2012, o Ministério autorizou o repasse de R$ 12,8 milhões e, em 2013, foram repassados R$ 13,5 milhões para as capitais dos 26 estados e o Distrito Federal.

sábado, 16 de maio de 2015

VOCÊ SABE O QUE É FOIE GRAS?

Eu ainda não sabia o que significado desse termo, descobri ao ler um texto sobre uma lei municipal que os vereadores de São Paulo querem implantar para proibir o consumo de Foie Gras nos restaurantes na grande São Paulo.

O foei gras, um prato típico da culinária francesa, é feito de fígado gordo de ganso. Até ai tudo bem, só que o animal tem que passar por muita tortura para poder servir para o abate.

Os gansos são forçados a uma alimentação exagerada por tubos de silicone introduzidos goela abaixo, o procedimento é repetido várias vezes ao dia para engordar o fígado, os animais ficam tão gordos que acabam impossibilitados de se mover e respirar. Infelizmente esta técnica, absurda e cruel, existe a milhares de anos no mundo.          

quinta-feira, 14 de maio de 2015

A PREFEITURA NÃO TEM PODER PARA, SOZINHA, RESOLVER O PROBLEMA DOS ÔNIBUS.


O transporte público de Mossoró precisa da ajuda da população na sua reconstrução. É preciso que o povo, que tanto reclama da situação precária do transporte coletivo da cidade, se una aos idealizadores na luta por sua melhoria.

A contribuição da população pode ser dada de várias formas, o primeiro passo é pressionar o poder público por iniciativa e em seguida dar prioridade ao coletivo quando tiver acesso a ele, devemos entender que a nossa cidade precisa e merece ter um transporte público de qualidade e isso só acontece quando o povo valorizar.

A prefeitura tem que encontrar formas de facilitar para as empresas de ônibus, para que elas tenham lucros justos e consequentemente invistam com mais segurança.

Com algumas medidas, é possível fazer que o preço da passagem de ônibus seja convidativo, dando condições e igualdade a qualquer concorrente,  tudo isso com o total apoio da população. Só desta forma Mossoró vai ter de volta seus ônibus.

Na medida em que tivermos coletivos regulares para todos os bairros, isso pode melhorar muito a nossa qualidade de vida, porque fica econômico é mais seguro ir trabalhar de ônibus e deixar o carro ou a moto em casa, ainda por cima desafoga o trânsito. Só para se ter uma ideia, da até para tomar uma cervejinha no final do expediente.

Hoje quem precisa ir ao centro da cidade de carro, sabe que vai encontrar dificuldades na hora de estacionar, porque as vagas que deveriam estar livres para os clientes que vão fazer compras no comércio, estão  ocupadas com táxis, moto-táxis e os veículos dos  que trabalham no centro. Imaginem o prejuízo que isso causa ao comercio do centro da cidade.

A falta de bom senso é tanta que infelizmente ainda tem os que defendem a proibição do estacionamento para alguns clientes de outras cidades.

Diante de tantos problemas é indispensável a participação de todos na reconstrução. A imprensa por sua vez, pode contribuir com incentivos aos usuários, estimulando a preferência do povo pelo coletivo. Todos Juntos, os mossoroenses  podem trazer de volta a frota de antigamente.  

sexta-feira, 8 de maio de 2015

CASAL FAZ ANÚNCIO EM JORNAL PARA “ADOTAR “BABÁ

“Um casal evangélico precisa adotar uma menina de 12 a 18 anos que resida, para cuidar de uma bebê de um ano que possa morar e estudar, ele empresário e ela também”

O anúncio acima, publicado em um jornal do Pará no último sábado (2) provocou uma onda de indignação nas redes sociais e investigações da Polícia Civil e do Ministério Público do Trabalho.

O trabalho doméstico para menores de 18 anos e proibido pela lei brasileira.

O texto chegou até a juíza Claudine Rodrigues, que preside a Amatra  (Associação dos Magistrados Trabalhistas da 8ª Região) 

Do outro lado da linha, um homem disse que a pessoa interessada precisaria preencher todos os dados os requesitos descritos no Jornal. ”questionei se “a vaga “ poderia ser preenchida por alguém maior de 18 anos. Ele respondeu: de jeito nenhum” contou a juíza.

“ sabemos que esse tipo de coisa existe, o trabalho infantil doméstico é presente no Brasil, principalmente no Norte  e Nordeste,Mas geralmente as pessoas fazem ás escondidas” disse Claudine. 

Na segunda-feira (4) , a Polícia Civil instaurou um inquérito para o caso, assim como as promotorias estadual e do Trabalho.

Segundo a delegada Simone Edoron, a publicação do anúncio não caracteriza crime.”O objetivo é identificar a conduta desse casal, se já empregaram menores antes, se há maus-tratos etc” disse Simone.

O casal foi ouvido pela polícia, assim com uma terceira pessoa, Israel Bahia,72,responsável pela publicação do anuncio. Foi ele quem falou com a Juíza.

“ O casal afirma que jamais autorizou ou solicitou a publicação do anúncio.Já o homem diz que o fez com consciência e autorização do casal”.diz a delegada.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

SUSPEITO DE MATAR MAXÍMO AUGUSTO CONFIRMA SER O AUTOR DO CRIME



Já está preso o suspeito de matar Máximo Augusto.


O lutador de jiu jitsu e vale tudo,Jean de Araújo Rocha, de 19 anos, confessou ao delegado Fábio Rogério que matou Maxímo por sufoca mento  ainda no Motel por se desentenderem. 

Após o crime, Máximo foi colocado dentro da mala do carro e Jean seguiu dirigindo até o distrito de Arisco, em São Gonçalo do Amarante,onde abandonou o corpo.

Depois disso, segundo Jean,ele seguiu até o bairro do Planalto, na zona oeste de Natal, onde entregou o veículo para outra pessoa vender.     

segunda-feira, 4 de maio de 2015

PAPA FRANCISCO PEDIU QUE FIÉIS REZASSEM POR ELE



Em um encontro com fiéis neste domingo (3), o papa Francisco pediu que os religiosos rezassem por ele durante o evento na cidade de Ostia, no centro da Itália.

 "Dou graças ao senhor porque nesta comunidade há idosos e doentes. Agradeço o que fazem pelos pobres de Deus e peço que rezem por mim. Estou um pouco idoso e um pouco doente, mas não muito, não é?", brincou o pontífice.

Segundo a agência EFE, ele visitou a paróquia de Santa Maria Regina Pacis, em Ostia, onde presidiu a missa dominical, mas se reuniu antes com um grupo esportivo, idosos e doentes.

 "É lindo estar neste ginásio onde as crianças e os jovens jogam e onde hoje há idosos, aqueles que têm a sabedoria da vida, a sabedoria da dor, da paciência, uma sabedoria da qual nos esquecemos muito", afirmou.

sábado, 2 de maio de 2015

MORRE O BLOGUEIRO DE ALEXANDRIA RN WILDE ALVES


"Podem me tirar tudo, só não abrirei mão da capacidade de escolher o que quero e de expor as minhas ideias e, os meus pensamentos".

Com essa frase corajosa, termina de maneira trágica a vida do blogueiro Wilde Alves de Alexandria RN. Ele era o editor do blog (wildealves.blogspot.com.br)

Faleceu na manhã desta sexta-feira (1) no hospital Tarcisio Maia em Mossoró, o blogueiro Wilde Alves, ele era casado e tinha dois filos.

De acordo com informações o blogueiro  e agricultor Wilde Alves Fernandes de Oliveira, teria sido vítima de uma tentativa de homicídio ocorrido na tarde da última terça-feira (28) quando chegava a sua residência no Sítio Carnaubal, zona rural de Alexandria/RN, e foi surpreendido por duas pessoas em uma motocicleta, que segundo informes balearam a vítima. 

O Blogueiro foi socorrido para o Hospital Justino Ferreira e em seguida transferido para o HRTM em Mossoró/RN, onde foi submetido a uma intervenção cirúrgica mas, não resistiu e veio a óbito na manhã sexta-feira, 1º de Maio.

Wilde Alves mantinha um blog wildealves.blogspot.com.br/ onde denunciava constantemente a administração local. O velório de Wilde Alves, 52 anos, será realizado no cemitério Morada da Paz, em Natal, amanhã. 

O sepultamento será às 10h no mesmo local.O Blog se solidariza com toda a família do blogueiro assassinado e repudia veementemente esse ato criminoso, cabe agora uma investigação para que se encontrem os verdadeiros culpados por esse crime. 


quarta-feira, 29 de abril de 2015

O TEMPO DO SOSSEGO E TRANQUILIDADE ACABOU FAZ TEMPO

Antigamente quando se falava em violência nas cidades grandes, as pessoas diziam que iam embora para os sítios, onde existia paz  tranquilidade, hoje não temos mas essa opção, o jeito é aprender a conviver com o medo dos inimigos ocultos.

Na última segunda feira, dia 27 de Abril, aconteceu uma invasão de bandidos a uma residência no sitio três altos, no município de Almino Afonso RN.

Uma família viveu momentos de pânico ao ver a porta da frente da casa ser arrombada e depois toda residência ser dominada por três indivíduos encapuzados e armados que espancaram o chefe da família de 54 anos durante a procura por dinheiro e objetos de valor.

Segundo informações, depois de diligencias da polícia militar, foi possível chegar a um suspeito e com ele foi encontrado um aparelho celular pertencente a família.

A prisão dos elementos é apenas detalhe do que aconteceu. Lamentavelmente o prejuízo causado às famílias da região é incalculável e irreparável, o medo de que volte a acontecer na vizinhança tira toda a paz da região. A segurança pública falida não nos dá mais o luxo de viver tranquilos.         

ALUGUEL DE IMÓVEL TEM MAIOR DESVALORIZAÇÃO DO PAÍS

Por Marcos Aurélio de Sá (O Jornal de Hoje)

– O preço médio do metro quadrado para aluguel em Natal teve a maior desvalorização entre 33 cidades analisadas pelo Índice DMI-VivaReal (que mede indicadores do mercado imobiliário em todas as regiões do país).

– A pesquisa também mostrou valorização do valor mediano do metro quadrado para venda em Natal, porém em níveis abaixo da inflação acumulada.

– O VivaReal é o portal de anúncios de imóveis e responsável pelo Índice DMI-VivaReal, que mostrou em Natal uma desvalorização de 4,52 por cento no valor médio dos aluguéis na capital potiguar. O estudo também mostrou que a cidade teve valorização de 0,38 por cento no metro quadrado para venda, o que fica abaixo do indicador correspondente para inflação no período, de 3,5 por cento (com base no IPCA).
– O DMI (Dados do Mercado Imobiliário) é o levantamento realizado pelo portal com sua base de mais de 3 milhões de anúncios classificados. Neste trimestre, a amostra contemplou 33 cidades em diferentes regiões do País.