sábado, 28 de fevereiro de 2015

INTELIGÊNCIA DIZ QUE ASSASSINATO DE NEMTSOV FOI PLANEJADO

O assassinato do opositor russo Nemtsov na noite de sexta-feira (27) em pleno centro de Moscou foi planejado detalhadamente, afirmaram os investigadores neste sábado (28) atentando para arma utilizada e o conhecimento que os autores tinham dos movimentos de sua vítima

"não há dúvidas de que o crime foi meticulosamente planejado,assim como o local escolhido para o assassinato" a grande ponte de pedra,ao lado do kremlin,indicou o comitê de investigação.

Tudo leva a crer que "a arma utilizada é uma pistola Makarov" uma arma curta utilizada pelas forças de polícia e pelo exército russo e, portanto,de uso generalizado,acrescenta o comunicado.

 No local dos incidentes, os investigadores encontraram seis cápsulas de uma munição de calibre 9 mm, procedentes de fabricantes diferentes,o que dificulta a determinação de sua origem.
fonte:G1   

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

PRF APREENDE EM SP UMA CARRETA COM 10 TONELADAS DE MACONHA, A DROGA VINHA PARA MOSSORÓ- RN

No fim da noite desta quinta (26), a polícia fez uma apreensão inusitada, em São Paulo. Uma grande quantidade de maconha estava escondida no meio de uma carga de milho.

Os policiais devem começar a fazer a pesagem a partir das 8 horas da manhã, mas o motorista do caminhão afirma que transportava 15 toneladas da droga. A polícia fez uma estimativa inicial e acredita que são 10 toneladas de maconha.

A carreta foi parada no pedágio na Rodovia Régis Bittencourt, na altura de Itapecerica da Serra. O motorista seguia de Foz do Iguaçu, no Paraná, para Mossoró, no Rio Grande do Norte. Ele foi parado em uma fiscalização de rotina e apresentou uma nota fiscal falsa.

Quando os policiais foram revistar a carreta, encontraram escondidos embaixo das sacas de milho os tabletes de maconha. Os policiais vão retirar a carga da carreta para fazer a pesagem e o trabalho vai ser longo.


O motorista está sendo ouvido e se for indiciado por tráfico de drogas, pode pegar de 15 a 30 anos de prisão.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

PROCURADOR DIZ QUE NÃO QUER CENSURAR LEGISLATIVO, MAS AFIRMAR CRIME

A propósito do pronunciamento do Deputado Ezequiel Ferreira na terça-feira (24) perante a Assembleia Legislativa, o Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis, vem a público esclarecer que entende como normal e lícita a dispensa, parcial ou integral, do trâmite legislativo regimental quando da análise de projetos de lei pelo Poder Legislativo.

O que foi denunciado perante o Poder Judiciário foi, em verdade, a cobrança e recebimento de dinheiro, por parte de um deputado estadual, a título de agilizar a aprovação da lei que implantou a inspeção veicular no Estado, conforme elementos probatórios robustos reunidos pelo Ministério Público potiguar e encaminhados à Justiça.

Embora um trecho destacado da entrevista do Procurador-Geral de Justiça ao Fantástico do último domingo (22) pudesse gerar alguma incompreensão quanto ao ponto, o fato é que em nenhum momento se pretendeu censurar qualquer prática da Casa Legislativa, mas tão só evidenciar o grave crime referido acima e suas circunstâncias.

Reitera, por fim, o pleno respeito ao Poder Legislativo do Rio Grande do Norte, com quem sempre o Ministério Público manteve e manterá relação de cordialidade, harmonia e independência.


De fato.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

"Estamos dispostos a ficar 30 dias se for necessário" diz caminhoneiro

Vilmar Bonora, morador de São Miguel do Oeste, conta por que ele e o primo decidiram colocar os caminhões à beira da BR-282

Ele não pertence a sindicato, tem apenas um caminhão, mas foi quem desencadeou as manifestações que estão bloqueando as rodovias catarinenses. Vilmar Bonora, 37 anos, que mora em São Miguel do Oeste, e o primo Junior Bonora, decidiram colocar os caminhões na beira da BR-282, no trevo que dá acesso à cidade e à SC-163. Passaram a convidar os colegas ao protesto que já reúne cerca de 700 caminhoneiros somente em São Miguel do Oeste, além de bloqueios em outros 15 pontos do estado. Bonora disse que o movimento está forte e pode ficar até um mês no local, se for necessário.

Protestos Bloqueiam trânsito para caminhões em rodovias do Oeste catarinense
Como vocês decidiram iniciar o movimento?
Vilmar Bonora: Tivemos contato com motoristas de Rondonópolis-MT e Cuiabá-MT. Eles iniciaram o movimento lá e eu liguei para eles. No domingo passado conversei com o meu primo e decidimos que na quarta-feira iríamos colocar os caminhões no trevo. Conseguimos mais um caminhão e fomos atacando o pessoal e pedindo apoio. E eles foram parando.

Você esperava que o movimento tomasse essa dimensão?
Bonora: No início não, mas depois o pessoal foi parando, motoristas de outras cidades começaram a ligar. Aí fomos buscar o apoio dos agricultores e outras categorias.
Como é a organização?

Bonora: Aqui temos uma comissão de seis ou sete pessoas. Em cada cidade tem uma comissão.

Mas vocês já foram em reuniões no Paraná também, certo?
Bonora: Fomos em duas reuniões em Marmeleiro e Barracão. O pessoal do Rio Grande do Sul também deu apoio. Nós vamos decidir em conjunto.
Vocês estão obrigando os motoristas a pararem?

Bonora: No início tinha gente que não queria mas acabou concordando em ficar. A gente conversa e convence eles a ficarem.
Vocês liberaram as cargas vivas e leite com a adesão dos agricultores, como está isso?

Bonora: Liberamos, mas tem muitos que não estão transportando pois não tem como sair com a produção da indústria.

O que vocês querem exatamente para liberar as rodovias?
Bonora: O principal é a redução do imposto sobre o combustível. Foram aumentos seguidos e o transporte está falindo. Queremos que o aumento seja vinculado ao barril de petróleo. O petróleo baixou e o combustível aumentou. Atualmente sobra menos de um real por quilômetro. E esse aumento reflete não só para nós. Quem paga aluguel e tem família não consegue se sustentar com esse aumento da energia e dos combustíveis.
Com quem vocês estão negociando?

Bonora: Passamos nossas reivindicações para deputados, chamamos os prefeitos para uma reunião, queremos que o ministro dos transportes ou da agricultura venham para cá ou então que nos recebam para uma audiência em Brasília.

Vocês vão sair com essa audiência?
Só vamos sair com papel assinado, não só com promessas. Estamos dispostos a ficar 30 dias se for necessário. Isso não é uma greve, é uma questão de sobrevivência


DIÁRIO CATARINENSE

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

PROCURADOR DA REPÚBLICA PEDE AO (STF) ABERTURA DE INQUÉRITO PARA INVESTIGAR AGRIPINO

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) abertura de inquérito para investigar se o senador José Agripino Maia (RN), presidente do DEM, recebeu dinheiro em 2010 em troca de não colocar obstáculos à aprovação de um projeto de lei que previa implantação da inspeção veicular obrigatória no Rio Grande do Norte. 

O caso foi noticiado pelo Fantástico  neste domingo, 22 
 Como Agripino tem foro privilegiado (em razão da condição de senador), a abertura de investigações precisa ser autorizada pelo STF. O pedido da PGR é para que o parlamentar seja investigado por suposto crime de corrupção passiva. A decisão de abrir ou não o inquérito será tomada pela ministra Cármen Lúcia.

FONTE: G1

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

REGRAS PARA MANTER RN NA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL ENTRAM EM VIGOR

THAISA GALVÃO
A instrução normativa do Governo do Estado para conter despesas de pessoal, na intenção de manter o Rio Grande do Norte dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal, já está em vigor.

E a partir de agora, gestores da administração direta e indireta não podem conceder vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração, exceto aos casos decorrentes de demandas judiciais.

Também não podem formular proposta legislativa para criação de cargo, emprego ou função; propor alteração legislativa que acarrete em aumento de despesa; admitir ou contratar pessoal.

Os processos em curso relativos à concessão de vantagens deverão passar por um estudo de impacto financeiro e os concedidos em datas anteriores à instrução serão encaminhados ao Tribunal de Contas do Estado.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

VALE DO AÇU VAI IMPLEMENTAR PROJETO DO MINISTÉRIO PÚBLICO NA EDUCAÇÃO

A partir de reunião nessa terça-feira, educadores deverão responder formulários para diagnóstico da educação na região

Com a presença do procurador da República Victor Queiroga, das promotoras de Justiça Kaline Almeida e Iveluska Lemos, o projeto Ministério Público pela Educação (MPEduc) foi lançado nesta terça-feira (3) no Vale do Açu. 

Os gestores da educação nos municípios de Ipanguaçu e Itajá receberam informações sobre o funcionamento do MPEduc e agora estão prontos para a segunda etapa do programa, que prevê o preenchimento de questionários sobre estrutura física e de pessoal, finanças e administração das escolas.

Com os dados em mãos e as visitas a serem realizadas será possível ao Ministério Público formular um diagnóstico da educação nas escolas dos dois municípios e promover audiências públicas. A partir de então, serão elaboradas recomendações conjuntas e enviadas aos prefeitos e gestores, apontando as principais medidas a serem tomadas para a melhoria da qualidade do ensino.

Novas audiências serão marcadas para apresentar os resultados. Caso necessário, serão adotadas medidas judiciais contra os responsáveis, quando as recomendações não forem atendidas.

“A população sabe que a grande esperança para o país é a educação. Se for perguntado a qualquer pessoa nas ruas qual a ferramenta para mudar a situação do Brasil, praticamente todos dirão que é a educação. Ocorre que muitos recursos são destinados a essa política pública - cerca de 10% do PIB e mais 75% dos royalties - e ainda assim não se veem as melhorias que todos gostaríamos na educação pública.

O que o Ministério Público quer é que a educação pública volte a ter a qualidade que já teve no passado e pela qual os brasileiros anseiam no presente, de modo a permitir um futuro melhor para o nosso país. Hoje, estamos dando o primeiro passo para, de fato, priorizarmos a educação nesses dois município do Vale do Açu”, declarou o procurador Victor Queiroga


O PERIGO NO MEIO DA RUA


Os motoristas e motociclistas que transitam pelas ruas Mota Neto e Benigno de Moura no bairro Aeroporto em Mossoró, devem ficar atentos ao passar pelo cruzamento das ruas citadas, pois uma galeria de águas pluviais cedeu parte da estrutura e formou uma cratera no meio da via.

O risco de provocar um acidente é constante, a fenda aberta cabe um pneu de caminhão, imagina se cai uma moto com um pai de família? Aí vamos nos lamentar porque não foi tapado antes, não é?   

Há muito tempo que existe problema nesta galeria, parece que a manutenção nunca resolve definitivamente. A galeria que deveria ser feita com tubos subterrâneos que não quebram foi feita com lajes de concreto, mas nunca prestou, sempre quebra, o concerto é demorado e complicado.

Alem disso, estamos em um período em que as periferias estão abandonadas pela prefeitura, as ruas do bairro Aeroporto estão se desfazendo em proporções de quilômetros, faz três anos que por falta de manutenção nas drenagens do bairro, estamos vendo muito calçamento de paralelepípedo sendo destruído com os riachos nas ruas.            

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

SEMINÁRIO SOBRE CRIAÇÃO DE INSPEÇÃO É NESTA QUARTA EM PAU DOS FERROS

Evento é promovido pelo grupo de trabalho coordenado pelo MPF e deve reunir prefeitos, secretários, vereadores e agricultores familiares de 38 municípios do Alto Oeste Potiguar

O Seminário Regional de Sensibilização para Implantação do Serviço de Inspeção Municipal – SIM – será realizado nesta quarta-feira (4) pelo Ministério Público Federal (MPF) e diversos órgãos parceiros. O evento ocorrerá no auditório do IFRN em Pau dos Ferros, a partir das 8h, e é uma promoção do grupo de trabalho criado pelo MPF e que conta com representantes do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (Idiarn), Emater-RN, Secretaria de Estado da Educação, Federação dos Trabalhadores da Agricultura (Fetarn), Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Conab e Colônia de Pescadores Z22.

O MPF, através do procurador da República Marcos de Jesus, já remeteu uma recomendação aos 38 prefeitos da área de atuação da Procuradoria da República em Pau dos Ferros, para que, no prazo de 90 dias, implementem a criação do serviço de inspeção municipal e, em mais 120 dias, promovam sua adesão ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa). Atualmente, apenas 11 das 38 cidades já aprovaram leis tratando do SIM, mas somente duas regulamentaram essa legislação e nenhuma aderiu ao Suasa.

Sem o devido funcionamento do serviço de inspeção municipal há enfraquecimento da agricultura familiar na região, pois os agricultores não podem vender seus produtos de origem animal no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e do o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Além disso, os municípios que não cumprirem as normas do PNAE podem ser suspensos do programa e deixar de receber recursos federais para alimentação escolar e, se comprarem os alimentos sem a prévia e necessária inspeção, colocarão em risco a saúde dos estudantes.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

VÍDEO DE UM JOVEM BRINCANDO EM VIATURA FOI PARAR NA REDE

Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra dois rapazes, de 20 e 23 anos, fazendo piada dentro de um veículo da Companhia de Patrulhamento Tático (CPT), da Polícia Militar de Goiás.

Nas imagens, é possível ver o carro, que está molhado, entrando em uma espécie de garagem. Em seguida, os vidros são abaixados e o rapaz que estava na direção, segurando um cigarro, diz: “E aí, galera do zap-zap [referindo-se ao aplicativo de celular WhatsApp], essa é a primeira vez que eu estou no banco da frente”.

Depois, o autor do vídeo, que tem 18 anos, se afasta e os dois ocupantes dão risadas. Um dos jovens faz um sinal em alusão a uma arma e o outro continua a falar: “Aqui é nóis [sic] maluco. Falou, até mais”.

Procurada, a assessoria de comunicação da Polícia Militar informou que recebeu as imagens e identificou que o veículo pertence ao CPT de jataí, no sudoeste do estado. No entanto, ainda não se sabe em que circunstâncias os rapazes, que já foram identificados, tiveram acesso ao veículo.

Vejam só o resultado disso