domingo, 28 de setembro de 2014

VOCÊ ACREDITA EM PESQUISAS?

Não é fácil acreditar no que dizem as pesquisas eleitorais, estamos na reta fina de uma campanha, faltando 7 dias para as eleições e não temos a certeza de quase nada, mesmo com as inúmeras divulgações de números.

Agora juntando todas as avaliações de números, a gente vê que juntas mostram a real situação do comportamento do eleitor.
 

Na lógica, existe um favoritismo aos que começaram a campanha do zero, mas crescendo em seguida, dificilmente vemos casos em que um candidato muito conhecido cresce em final de campanha.

Quando o candidato é bom, não oscila para baixo, geralmente ele inicia a campanha forte e não perde massa, tirando logo a ilusão do concorrente mais próximo.

Na disputa pelo governo do RN, o quadro
vem se configurando da mesma forma da disputa pelo senado, um passando pelo o outro, pelo menos foi essa a trajetória desde do começo da campanha. 

sábado, 27 de setembro de 2014

OS PÉS DOS QUE NÃO RECLAMAM


A falta do conhecimento, faz um cidadão viver a vida toda na miséria. Você já prestou atenção que os que não têm nada reclamam menos? Sempre que tenho a oportunidade, gosto de conversar com pessoas que vivem na pobreza extrema.

Impressionante é que sempre chego à conclusão de que essas pessoas nunca reclamam, talvez seja pelo fato de não ter o conhecimento dos seus direitos como cidadãos.

Inocentemente, essas pessoas se sentem culpadas pelo fracasso e têm em suas mente a certeza de que não são capazes de conseguir viver de forma melhor. A palavra chave é educação. 

LUA CRESCENTE


Vejam a beleza da imagem da lua em fase de crescimento, no final da tarde com início da noite de sexta-feira, dia 26 de setembro, em Mossoró.

A lua acabando de se esconder no horizonte por trás da caixa do reservatório de água do terminal Rodoviário de Mossoró, recentemente reformado e adaptado para receber a central do cidadão.

sábado, 20 de setembro de 2014

UM PÁSSARO CALOPSITA PROVAVELMENTE PERDIDO


Ontem, por volta das 13h,  momento em que a  temperatura de Mossoró estava nas alturas, o grito de um pássaro despertou minha curiosidade.

Quando sai para ver, era este bichinho ai da foto. Ele gritava a toda altura, e saltando de um lugar para outro sobre a estrutura do telhado de uma oficina, no bairro Aeroporto.  
Parecia muito assustado, os gritos dele eram de quem estava com fome sede e apavorado, sem direção.

Provavelmente este pássaro era criado em cativeiro, fugiu de algum viveiro e estava agoniando no calor de Mossoró sem ter habilidade alguma para sobreviver de forma natural.

Tive vontade de capturar o pássaro, mas era impossível chegar perto, alem de gordinho, não tenho um par de asa.



Este é um dos motivos que fazem com que a gente se conscientize que não devemos de forma alguma criar os bichinhos em cativeiro. Por melhor que sejam nossas intenções, nunca podemos evitar que isso possa acontecer com um animal que criamos. 

Outro dia apareceu em minha rua um homem com este Galo de Campina criado em cativeiro, só que este aí não precisava de gaiola, vivia solto, tinha muita intimidade com as pessoas, mas o coitadinho vivendo assim em território de seus predadores, é muito difícil não virar vitima de um gato malvado.         

CARRO QUEBROU NA VIA E COMPLICOU O TRANSITO


No finalzinho da tarde desta sexta-feira, 19 de setembro, por volta das 17h, uma caminhoneta enguiçou no cruzamento da rua João da Escócia com a Avenida Diocesana. Uma das faixas ficou tomada pela caminhonete e mesmo a via sendo de mão dupla, não deu conta de escoar o grande fluxo de carros, por conta de ser horário de pico.

O que me chamou a atenção foi eu ter passado pelo problema quando ia no sentido Centro - Nova Betânia, depois fui ao Centro novamente e quando voltei, a caminhonete ainda estava lá com o trânsito travado e ainda não tinha chegado um agente de trânsito no local.

Sinceramente, presto atenção e sinto a ausência de fiscalização no trânsito de Mossoró. Um exemplo disso está na rua Augusto severo, é impossível passar por aquele setor e não se estressar com o enleado de veículos em volta do colégio Sagrado Coração de Maria quando os pais dos alunos fazem filas triplicas para pegar seus filhos no final das aulas.

O problema no local é muito antigo, creio eu que aqueles motoristas não são multados e se são, está faltando muita multa a ser aplicada. Vamos trabalhar, gente! Vamos fazer valer a pena se ter um GETRAN.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

UMA ROSA SOLITÁRIA


Encontrei-me com essa rosa na manhã de hoje na rua João da Escócia, no bairro Nova Betânia, em Mossoró. Como mostra a foto, a rosa vive sozinha no meio do nada, os galhos que lhe sustentam estão quase mortos e mesmo assim ela não perdeu a elegância.

Em volta da rosa não há vida, só terra seca, vermelha e concreto morto, sem cor. A delicadeza da rosa não se intimida com o atrito dos pneus dos veículos no asfalto duro e quente que esmaga tudo de um lado e do outro da via.

A rosa está em um ambiente inadequado, mas mesmo assim se mostra muito saudável, firme, esperando o momento ideal para mudar para um local melhor onde possa dar ramagem nova à sua árvore. 

terça-feira, 16 de setembro de 2014

O ELEITOR NOVO QUER POLÍTICA NOVA

Talvez seja a falta de renovação política um dos motivos de vermos uma campanha morta mesmo já estando na reta final para as eleições.

Os políticos não inovam, tudo é velho, começando desde os candidatos. Dificilmente vemos um candidato jovem na disputa por um cargo, alem disso a forma de fazer campanha continua velha, se resume a discursos redundantes recheados de mentiras, os candidatos ainda têm o pensamento de que os eleitores ainda são os analfabetos desinformados de antes.

A grande maioria dos eleitores é formada por jovens alfabetizados e desacreditados com a política atual, os políticos velhos perderam deles a credibilidade, por isso existe a necessidade de mudança urgente com políticos novos que nos deem a esperança de trazer de volta a confiança que perdemos.

Só que torna-se quase impossível mudar esse quadro sem uma reforma política que enfraqueça a herança deixada pelas famílias tradicionais que nunca deixaram a democracia alcançar as camadas da sociedade mais desfavorecidas.

Estamos vivendo um período em que de formas indiretas, os cargos políticos são comprados por muito dinheiro. A campanha é feita entre os próprios políticos, onde fecham acordos milionários para receberem o apoio uns dos outros e lamentavelmente aquele que tiver mais dinheiro e comprar mais apoio, acaba ficando com o cargo.

A reforma política tem que vir logo para acabar de uma vez com essa falta de estabilidade democrática que torna sendo um dos principais motivos que desmotiva o jovem quando pensa em entrar na vida pública.

ALUNA DA UERN DE MOSSORÓ FOI ATROPELA E MORTA NA PORTA DA UNIVERSIDADE


Uma tragédia! Na manhã desta terça-feira, 16 de Novembro, a jovem Brenna Sonaria de apenas 18 anos, foi atropelada e morta por um ônibus em frente à universidade UERN  em Mossoró, no Rio Grande do Norte.

A jovem morava na cidade Apodi-RN e cursava Pedagogia. Segundo informações, o ônibus que atropelou a jovem transportava estudantes para a universidade, e quando o motorista fazia uma manobra na avenida Antonio Campos, em frente a universidade, atropelou a jovem.

O motorista do ônibus entrou em estado de choque e precisou de atendimento médico, o mesmo foi conduzido para o Hospital Regional Tarcisio Maia. Os alunos ficaram chocados e aulas de hoje foram suspensas devido o trágico acidente.       

terça-feira, 9 de setembro de 2014

O ELEITOR SEM ÂNIMO PARA VOTAR

Mossoró não tem nada que faça o eleitor sentir vontade de reeleger políticos. Se olharmos para os quatro cantos da cidade, não encontraremos nada, eu disse nada que represente esforço político por parte dos candidatos que procuram por voto.

Tudo que temos, foi fruto de longas esperas e obras inacabadas que não são apresentadas por nenhum candidato, pois sabem que elas só dariam prejuízos as suas campanhas.

O governo de Rosalba foi péssimo para Mossoró, eu diria até uma tristeza. Foram três obras polêmicas: o hospital da mulher, o 12°BPM e a reforma do Terminal Rodoviário.

A cidade está cheia de problemas e os mesmos não fazem parte das discussões dos políticos, como por exemplo: a deficiência do transporte público, a segurança, o aeroporto, e o Nogueirão e a restauração das ruas das periferias.

Os discursos dos políticos são os mesmos de décadas, “eu quero ser eleito para continuar lutando por Mossoró” Mas que luta é essa, minha gente? Uma cidade rica como Mossoró não ter um Aeroporto, um estádio de futebol, não ter transporte público, não ter segurança. isso é uma vergonha para todos os mossoroenses. O pior disso é a gente saber que já tivemos tudo isso. 
     
No dia da eleição faça seu papel, vote em quem te der pelo menos a esperança de que vai trabalhar pelos interesse do povo de Mossoró.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

OS MOSSOROENSES APROVAM A IMPLANTAÇÃO DA SONA AZUL

Carlos Costa 
Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio mostrou que 89,7% dos mossoroenses aprovam a implantação do projeto Zona Azul, que prevê o estacionamento tarifário eletrônico rotativo no Centro de Mossoró. 9,2% dos entrevistados reprovaram e 1,4% não sabe ou não respondeu. A pesquisa foi anunciada na manhã desta terça-feira, 2, em reunião com representantes de entidades ligadas ao comércio e o secretário de Mobilidade Urbana, Charlejandro Rustayne.

Os técnicos também avaliaram os principais problemas relatados pelos entrevistados quanto à falta de estacionamento na região central de Mossoró. A realização da pesquisa de opinião pública, feita com 650 entrevistados no Centro da cidade, era uma das principais etapas de implantação do projeto. O próximo passo será uma visita à cidade de Caruaru (PE), onde já existe o estacionamento no modelo Zona Azul. A viagem ainda será neste mês com representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana e de entidades do comércio.

Quanto à tarifa, a pesquisa mostrou que 12,3% dos entrevistados estão dispostos a pagar até R$ 1,00 por hora no estacionamento; até R$ 3,00, 14,3%; até R$ 5,00, 6,6%; até R$ 6,00, 2%; não sabe ou não respondeu, 1,2%; e 7,2% disseram que preferem sem taxa de cobrança. A reunião, durante a qual pesquisa foi divulgada, aconteceu na sede do Sindivarejo e contou com a participação de representantes da Fecomércio, Acim, Sindivarejo e de representantes da Secretaria de Moblidade Urbana.

Segundo o secretário da pasta, Charlejandro Rustayne, para entrar em vigor ainda é necessário enviar um Projeto de Lei à Câmara de Vereadores. Se aprovado, será aberta a licitação para implantação do projeto.


Zona Azul – A modalidade de estacionamento já é utilizada em grandes cidades brasileiras para incentivar a rotatividade de vagas. Regulamentada pelo Código de Trânsito Brasileiro e por leis municipais, na maioria das cidades funciona em três categorias: "uma hora", "duas horas" e "carga e descarga". Limitando o tempo de estacionamento, é possível estimular a rotatividade de veículos e o aumento de vagas.